Recent Articles

Como limpar de forma adequada uma c...

limpeza de chaminesPara que a sua chaminé continue a funcionar por longos anos é necessário que você realize uma manutenção adequada na mesma, como, por exemplo, procedendo com a limpeza a fim de retirar as sujidades, fuligens e creosoto que podem se acumular na sua estrutura. E, no caso de não ter tempo, ou de simplesmente não o querer fazer, existem limpa chaminés profissionais e que fazem um trabalho de excelência.

A limpeza frequente e de maneira correta também é muito importante por questões de segurança, uma vez que o creosoto é inflamável e poderá gerar incêndios nas moradas, colocando a vida de muitas pessoas em risco.

Por tudo isso, não passe longos períodos sem realizar a limpeza na sua chaminé. Caso não possa dispor de mão de obra especializada, você mesmo poderá proceder com a limpeza. Veja as nossas dicas para fazer esse procedimento de maneira adequada e garantir a segurança da sua família e o pleno funcionamento do seu sistema de exaustão.

O indicado é que você realize uma limpeza completa anualmente em sua chaminé. Porém, caso você utilize-a com frequência poderá fazer limpezas em intervalos menores.

Para se certificar de que está na hora de realizar uma limpeza use uma lanterna de modo a iluminar a cavidade da sua chaminé e raspe com uma faca o creosoto. Se, quando retirá-lo, você notar uma espessura grossa, então está no momento de proceder com a limpeza.

Materiais Necessários:

Para realizar a limpeza da sua chaminé você irá necessitar de:

  • escada
  • óculos de proteção
  • máscara contra poeira
  • lanterna
  • vassoura
  • balde
  • fita
  • um revestimento para proteger os móveis e o chão
  • escova de fio rígido e de tamanho pequeno
  • tubos de extensão, que lhe permitam limpar uma chaminé em todo o seu comprimento
  • escova de chaminé, plástico ou arame que tenham as medidas ideais para a sua chaminé

Procedimentos a se realizar antes de limpar a chaminé

É fundamental que você tome alguns cuidados antes de iniciar a limpeza da sua chaminé, de forma a garantir maior segurança na realização do processo.

Antes de realizar qualquer procedimento, sempre certifique-se de que não existem animais utilizando a sua chaminé como moradia. Em geral, esquilos, guaxinins e pássaros podem estar presentes. Caso constate alguns deles ou de ninhos, retire-os antes de iniciar a limpeza.

Use roupas adequadas. Lembre-se que esta é uma tarefa que poderá sujar e até mesmo manchar as suas roupas, por isso, opte por peças antigas e não se esqueça de se proteger contra a poeira e o creosoto, usando máscara de pó e óculos de proteção.

O chão e os móveis do ambiente também devem ser protegidos, porque a fuligem e as sujidades podem passar para o local. Dessa forma, utilize de um pano velho ou jornal para cobrir o chão, os móveis e outros itens de valor que podem ser prejudicados.

Detecte a Sua Fuga de Água como um ...

Detecção de fuga de águaHoje o RBA trás-vos dicas fundamentais para evitar problemas que podem resultar em GRANDES dores de cabeça. Pois é, quem já teve que detectar/reparar fugas de água sabe que são situações muito dispendiosas. No entanto, as seguintes dicas podem ajudar a ter uma consciência prematura do problema, o que vai ajudar bastante!

As fugas de água, assim como os desentupimentos ou as limpezas de fossas, são problemas que todos vamos ter que enfrentar um dia. Por isso, é importante saber encontrar a avaria e resolvê-la. Separamos algumas dicas que podem ser úteis, já que, muitas vezes, a resolução da questão é bem simples e você mesmo poderá fazer, sem a necessidade de contratar uma equipa de canalizadores.

 

Como sei que estou a enfrentar uma fuga de água?

O primeiro sinal de que algo não está a funcionar como deveria são as contas de água no final do mês. Se, de um mês para outro, você notou aumento na sua fatura, mas não teve alterações no consumo de água da sua família, é sinal de que está a pagar por uma fuga de água.

Além disso, você também poderá fazer o teste do contador de água: feche todas as torneiras da sua residência e desligue os aparelhos que usam água (como máquinas de lavar roupa e loiças) e não utilize a casa de banho. Certifique-se de que a sua caixa-de-água (caso possua) está cheia. Anote a posição em que o marcador está. Depois de uma hora sem usar nada de água, verifique se houve alteração no seu medidor. Se o número mudou ou o ponteiro se movimentou, então há uma fuga de água na sua casa.

Outros sinais de fugas de água

– Manchas escuras na parede e humidade em azulejos e pisos

– Fendas em pisos e azulejos

– Humidade no jardim, na garagem e em pontos externos da casa (geralmente esquecemos de olhar esses locais)

– Tubos húmidos ou gotejando

– Mau cheiro nas sanitas, pias e casas de banho

Maneiras de detectar a fuga de água

Além do contador de água, você também poderá usar outros métodos, como:

Caixa-de-água: feche todas as torneiras da sua casa, desligue todos os aparelhos que usam água (como a máquina de lavar roupas e a máquina de lavar loiças) e não use a sanita, nem os chuveiros. Impeça a entrada de água na caixa-de-água. Marque o nível da água na caixa e verifique depois de uma hora se ele baixou. Caso isso tenha acontecido, está a enfrentar uma fuga de água em suas canalizações ou na casa de banho.

Sanitas: atire beatas de cigarro na sanita. Se elas ficarem depositadas no fundo, significa que não há fuga de água, mas, se houver movimentação, pode estar a acontecer uma fuga no autoclismo.

Ramal direto da rede de água: feche a torneira do cavalete que alimenta de água a sua residência. Abra uma torneira que seja alimentada com água da rua (do jardim ou do tanque). Espere até a água parar de correr. Coloque um copo cheio de água na boca da torneira. Se houver sucção da água do copo pela torneira, é sinal que existe uma fuga de água no tubo que é alimentado diretamente pela rede de água. Nesse caso, contate a EPAL.

Aprenda a desentupir o ralo da banh...

06c0074e40a404a98439160e0d0cd7ffA casa de banho é um local propicio a entupimentos, seja na sanita, no lavatório ou no ralo do chuveiro ou da banheira. Este último é bastante comum e igualmente desagradável, pois você acaba por encontrar um ambiente cheio de água e com um odor pouco convidativo.

Mas, porque, os ralos entopem?

O sistema de esgotamento de uma casa de banho, em geral, possui um ralo central que coleta a água servida de todos os equipamentos da sua casa de banho (exceto das sanitas), como pias, chuveiros e banheiras. Todos os ralos da sua residência contam, normalmente, com um sistema de proteção que evita que detritos maiores caiam pelo ralo e atinjam as tubagens, provocando o entupimento das mesmas. Essa proteção pode ser feita por grelhas de metal ou de plástico e por um sistema de sifão, que é instalado no seu interior.

Mesmo com toda essa proteção, muitas vezes os ralos sifonados (como são chamadas essas estruturas) podem entupir devido à presença de corpos estranhos capazes de vedar a passagem de água pela tubagem. Em geral, esses materiais são cabelos, resíduos de sabonete, grampos, óleos corporais ou excesso de produtos como espumas de xampus e outros pequenos objetos que possam vir a cair nos ralos.

Quais as primeiras medidas que devo tomar ao notar que meu ralo está entupido?

Se você percebeu que a água da banheira não está a escoar corretamente, é porque seu ralo pode ter algum bloqueio. Por isso, assim que notar esse problema, siga os passos abaixo:
Prepare o local para realizar o desentupimento: retire todos os itens que possam estar próximos ao local entupido e tenha à mão panos de limpeza, saco de lixo, balde com água e pequenas ferramentas, como chave de fendas e outros itens que possam ser importantes.

Examine o ralo que irá desentupir: antes de tomar qualquer medida é muito importante que você examine cuidadosamente o ralo. Em alguns casos, você poderá facilmente notar o objeto que está a gerar o entupimento. Se você conseguir enxergar o problema, use um arame para remover o máximo possível do material e teste com água. Em geral, o acúmulo de cabelo acaba por entupir os ralos e eles podem ser facilmente retirados com um pequeno arame usado para ‘pescar’ os cabelos.

plumbing-snakeUse um desentupidor manual: se um arame não for suficiente ou você não conseguir enxergar o que está a entupir, o primeiro método que deverá usar é o desentupidor de aço rotativo. Eles podem ser encontrados em lojas de materiais de construção com tamanhos variados e são próprios para desentupir ralos.

Em alguns casos, você terá de retirar a tampa do ralo com uma chave de fenda e, então, empurrar o desentupidor através do sistema. Faça o movimento rotativo e certifique-se de usar os procedimentos descritos pelo fabricante do desentupidor para não prejudicar as tubagens do seu ralo.

Talvez seja necessário colocar um pouco de força na hora de empurrar o desentupir por sobre as tubagens, especialmente quando atingir o bloqueio. Uma vez que alcançar a extremidade do tubo, retire o desentupidor e verifique se coletou todo o material.